Pages

25 de jan de 2011

OSCAR 2011: Confira os indicados

Nesta terça, 25 de janeiro, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pela premiação do Oscar, divulgou  a lista dos indicados para a edição de 2011.A cerimônia que irá entregar a estatueta aos vencedores será no dia 27 de fevereiro. O evento de indicação foi apresentado pela atriz Mo'Nique, do filme "Preciosa". O longa “ O Discurso do Rei” teve 12 indicações, seguido por “Bravura Indômita” com 10, “O Vencedor” e “A Rede Social” com oito indicações cada um. Veja se concorda com os indicados: 



Melhor filme:
 
- “A rede social”
- “O discurso do rei”
- “Cisne negro”
- “O vencedor”
- “A origem”
- “Toy Story 3”
- “Bravura indômita”
- “Minhas mães e meu pai”
- “127 horas”
- “Inverno da alma”
 
Melhor diretor:
 
- David Fincher – “A rede social”
- Tom Hooper – “O discurso do rei”
- Darren Aronofsky – “Cisne negro”
- Joel e Ethan Coen – “Bravura indômita”
- David O. Russell – “O vencedor”

Melhor ator:
 
- Jesse Eisenberg – “A rede social”
- Colin Firth – “O discurso do rei”
- James Franco – “127 horas”
- Jeff Bridges – “Bravura indômita”
- Javier Bardem – “Biutiful”

Melhor atriz:
 
- Annette Bening – “Minhas mães e meu pai”
- Natalie Portman – “Cisne negro”
- Nicole Kidman - “Rabbit hole”
- Michelle Williams - “Blue valentine”
- Jennifer Lawrence - “Inverno da alma”

Melhor ator coadjuvante:
 
- Mark Ruffalo – “Minhas mães e meu pai”
- Geoffrey Rush – “O discurso do rei”
- Christian Bale – “O vencedor”
- Jeremy Renner – “Atração perigosa”
- John Hawkes – "Inverno da alma"

Melhor atriz coadjuvante:
 
- Helena Bonham Carter – “O discurso do rei”
- Melissa Leo – “O vencedor”
- Amy Adams – “O vencedor”
- Hailee Steinfeld – “Bravura indômita”
- Jacki Weaver - “Reino animal”

Melhor roteiro original:
 
- “Cisne negro”
- “Minhas mães e meu pai”
- “O vencedor”
- “A origem”
- “O discurso do rei”

Melhor roteiro adaptado:
 
- “A rede social”
- “127 horas”
- “Bravura indômita”
- “Toy Story 3”
- "Inverno da alma"

Melhor longa-metragem de animação:

- "Como treinar o seu dragão"
- "O mágico"
- "Toy Story 3"

Melhor direção de arte:
 
- "Alice no País das Maravilhas"
- "Harry Potter e as relíquias da morte - Parte 1"
- "A origem"
- "O discurso do rei"
- "Bravura indômita"

Melhor fotografia
 
- "Cisne negro"
- "A origem"
- "O discurso do rei"
- "A rede social"
- "Bravura indômita"

Melhor figurino
 
- "Alice no País das Maravilhas"
- "I am love"
- "O discurso do rei"
- "Bravura indômita"
- "The tempest"

Melhor documentário (longa-metragem)
 
- "Exit through the gift shop"
- "Gasland"
- "Inside job"
- "Restrepo"
- "Lixo extraordinário"

Melhor documentário (curta-metragem)
 
- "Killing in the name"
- "Poster girl"
- "Strangers no more"
- "Sun come up"
- "The warriors of Qiugang"

Melhor edição
 
- "Cisne negro"
- "O vencedor"
- "O discurso do rei"
- "127 horas"
- "A rede social"

Melhor filme de língua estrangeira
 
- "Biutiful"(México)
- "Dogtooth" (Grécia)
- "In a better world" (Dinamarca)
- "Incendies" (Canadá)
- "Outside the law" (Argélia)

Melhor trilha sonora original
 
- "Como treinar seu dragão" -  John Powell
- "A origem" - Hans Zimmer
- "O discurso do rei" - Alexandre Desplat
- "127 horas" - A.R. Rahman
 - "A rede social" - Trent Reznor e Atticus Ross

Melhor canção original
 
- "Coming home", de "Country Strong"
- "I see the light", de "Enrolados"
- "If I rise", de "127 horas"
- "We belong together", de "Toy Story 3"

Melhor curta-metragem
 
- "The confession"
- "The crush"
- "God of love"
- "Na wewe"
- "Wish 143"

Melhor curta-metragem de animação
 
- "Day & night"
- "The gruffalo"
- "Let's pollute"
- "The lost thing"
- "Madagascar, carnet de voyage"

Melhor edição de som
 
- "A origem"
- "Toy Story 3"
- "Tron: o legado"
- "Bravura indômita"
- "Incontrolável"


Melhor Mixagem de som

- A Origem
- Bravura Indômita
- O Discurso do Rei
- A Rede Social
- Salt

24 de jan de 2011

Framboesa de Ouro: confira os indicados

 Antes de conhecermos os indicados ao tão sonhado prêmio do cinema mundial, o Oscar, que tal conferirmos quais mereceram destaque no quesito PIORES DE 2010? A famosa premiação dos piores do ano de Hollywood, o "Framboesa de Ouro", acaba de divulgar os indicados. Para quem é fã da saga Crepúsculo, Eclipse foi considerado um dos piores filmes de 2010 e concorre em quase todas as categorias da premiação. Confira os indicados:


Pior filme
A Saga Crepúsculo: Eclipse
O Último Mestre do Ar
Os Vampiros que se Mordam
Sex and the City 2
Caçador de Recompensas

Pior ator
Jack Black por As Viagens de Gulliver
Gerard Butler por Caçador de Recompensas
Robert Pattinson por A Saga Crepúsculo: Eclipse
Taylor Lautner por A Saga Crepúsculo: Eclipse
Ashton Kutcher por Par perfeito e Idas e Vindas do Amor

Pior atriz
Jennifer Aniston por Caçador de Recompensas e Coincidências do Amor
Miley Cyrus, por A Última Música
Kristen Stewart por A saga Crepúsculo: Eclipse
Megan Fox por Jonah Hex
Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon por Sex and the city 2

Pior ator coadjuvante
Billy Ray Cyrus por Missão Quase Impossível
George Lopez por Missão Quase Impossível, Idas e Vindas do Amor e Marmaduke
Dev Patel por O Último Mestre do Ar
Jackson Rathbone por O Último Mestre do Ar e A Saga Crepúsculo: Eclipse
Rob Schneider por Gente grande

Pior atriz coadjuvante
Cher por Burlesque
Liza Minnelli por Sex and the City 2
Nicola Peltz por O Último Mestre do Ar
Barbra Streisand por Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família
Jessica Alba por O Assassino em Mim, Machete, Idas e Vindas do Amor e Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família

Pior diretor
Jason Friedberg e Aaron Seltzer por Os Vampiros que se Mordam
Michael Patrick King por Sex and the City 2
M. Night Shyamalan por O Último Mestre do Ar
David Slade por A Saga Crepúsculo: Eclipse
Sylvester Stallone por Os Mercenários

Pior roteiro
O Último Mestre do Ar
Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família
Sex and the City 2
Os Vampiros que se Mordam
A Saga Crepúsculo: Eclipse

Pior casal ou elenco
Jennifer Aniston e Gerard Butler por Caçador de Recompensas
O rosto de Josh Brolin e o sotaque de Megan Fox por Jonah Hex
Todo o elenco de O Último Mestre do Ar
Todo o elenco de A Saga Crepúsculo: Eclipse
Todo o elenco de Sex and the City 2


Pior sequência, versão ou paródia
O Último Mestre do Ar
Fúria de Titãs
Sex and the City 2
Os Vampiros que se Mordam
A saga Crepúsculo: Eclipse

Pior uso de 3D
Cães e Gatos 2: A Vingança de Kitty Galore
Fúria de Titãs
O Último Mestre do Ar
Nutcracker 3D
Jogos Mortais 7 3D

22 de jan de 2011

The Big C: Chegou a hora de curtir a vida

A série ‘THE BIG C’ é uma mistura de comédia e drama, que aborda um tema complexo como o câncer de uma forma delicada e bem humorada. A série agrada a todos os públicos, em especial, as mulheres que são sempre mais sensíveis e identificam-se  imediatamente com muitas situações vivenciadas pela personagem principal Cathy Jamison. 
Casada com um homem (Oliver Platt) que sempre precisou dela, mãe de um filho adolescente (Gabriel Basso) que não vê a hora de sair de casa, professora em uma escola de Minneapolis e tendo um irmão (John Benjamin Hickey) que prefere viver como mendigo, Cathy (Laura Linney) vive uma existência sem grandes problemas. Acostumada à rotina, reservada em suas atitudes, determinada a manter sua opinião sufocada, Cathy chega em uma encruzilhada quando recebe a  notícia de que sofre de câncer de pele e tem poucos meses de vida. A ela são oferecidas duas alternativas: passar pelo tratamento quimioterápico mesmo sabendo que as chances de recuperação são mínimas, ou aproveitar ao máximo o tempo que lhe resta. Cathy escolhe a segunda opção, mas decide não contar para ninguém sua atual situação. A partir daí, o comportamento de Cathy dependerá de como se sente a cada dia.
Laura Linney é conhecida por filmes como “Simplesmente Amor” e já foi indicada três vezes ao Oscar e ganhadora do Globo de Ouro de Melhor Atriz de Comédia deste ano,  por seu papel na série "The Big C".
 Ainda na série, você pode matar as saudades da atriz Gabourey Sidibe,  que interpretou "Preciosa" no filme "Precious" e rever a talentosa L. Scott Caldwell que viveu a personagem Rose na série LOST. 
"The Big C" tem uma temporada completa com 13 episódios de aproximadamente 27 minutos cada e já foi renovada pelo canal ShowTime para uma segunda temporada, que estreia ainda neste ano.

15 de jan de 2011

Indicados ao Globo de Ouro 2011

Neste domingo, 16 de janeiro, acontece a 68ª edição do Globo de Ouro, evento atualmente reconhecido como a principal prévia para o Oscar. O longa “O discurso do Rei” protagonizado por Colin Firth é um dos favoritos, liderando a lista dos mais indicados com o total sete nomeações; em seguida, o destaque fica por conta do sucesso de público e crítica de “A Rede Social”, filme que revela a história da criação da rede social Facebook já eleito o melhor filme de 2010 e que reúne ao todo seis possibilidades de vitória no Golden Globe Awards.

Já para as categorias destinadas a consagraram produções televisivas, é mais uma vez a série musical teen Glee, a líder de indicações sendo elas ao todo, cinco; todas entre os prêmios mais aguardados da noite! Além do destaque para a comédia que vem fazendo sucesso também em sua segunda temporada, a lista conta ainda com duas grandes surpresas com as indicações a “The Big C” e “Boardwalk Empire”.

 Segue a lista dos indicados:

Melhor filme de Drama
A Rede Social
A Origem
O Cisne Negro
O Discurso do Rei
O Vencedor

Melhor atriz em filme de Drama

Natalie Portman – O Cisne Negro
Michelle Williams – Blue Valantine
Halle Berry – Frankie & Alice
Nicole Kidman – Rabbit Hole
Jennifer Lawrence – Winter’s Bone

Melhor ator em filme de Drama

Jesse Eisenberg – A Rede Social
Colin Firth – O Discurso do Rei
Mark Wahlberg – O Vencedor
Ryan Gosling – Blue Valentine
James Franco – 127 Horas

Melhor atriz coadjuvante

Mila Kunis – O Cisne Negro
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Amy Adams – O Vencedor
Melissa Leo – O Vencedor
Jacki Weaver – Animal Kingdom

Melhor ator coadjuvante

Andew Grfield – A Rede Social
Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
Christian Bale – O Lutador
Michael Douglas – Wall Street: O dinheiro nunca Dorme
Jeremy Renner – Atração Perigosa

Melhor filme Musical ou Comédia

Alice no País das Maravilhas
Burlesque
Red
O Turista
Minhas mães e Meu Pai

Melhor atriz em filme de Comédia ou Musical

Anne Hathaway – Amor e outras Drogas
Emma Stone – Easy A
Julianne Moore – Minhas mães e meu Pai
Annette Bening – Minhas mães e meu Pai
Angelina Jolie – O Turista

Melhor ator em filme de Comédia ou Musical

Johnny Depp – O Turista
Johnny Depp – Alice no País das Maravilhas
Jake Gyllenhaal – Amor e outras Drogas
Kevin Spacey – Casino Jack
Paul Giamatti – Barney’s Version

Melhor direção

David Fincher – A Rede Social
Darren Arronofsky – O Cisne Negro
To Hopper – O Discurso do Rei
Christopher Nolan – A Origem
David O. Russel – O Vencedor

Melhor Roteiro

A Rede Social – Aaron Sorkin
O Discurso do Rei – David Seidler
A Origem – Christopher Nolan
Minhas Mães e Meu Pai – Lisa Cholodenko e Stuart Bloomberg
127 Horas – Danny Boyle e Simon Beaufoy

Melhor Animação

Toy Story 3
Meu Malvado Favorito
Como treinar seu Dragão
Enrolados
O Mágico

Melhor filme Estrangeiro

In a Better World (Dinamarca)
I am Love (Itália)
The Edge (Rússia)
The Concert (França)
Biutiful (México)

Trilha Sonora Original

Trent Reznor and Atticus Ross – A Rede Social
Danny Elfman – Alice no país das Maravilhas
Alexandre Desplat – O Discurso do Rei
Hans Zimmer – A Origem
A.R Rahmann – 127 Horas

Música original

Bound to Yout – Burlesque
You haven’t seen the Last of Me – Burlesque
Coming Home – Country Song
I See the Light – Enrolados
There’s a Place for us – As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada

Melhor Série de TV de comédia ou Musical

Glee
Modern Family
The Big C
30 Rock
The Big Bang Theory
Nurse Jackie

Melhor atriz de série de comédia ou musical

Lea Michele – Glee
Laura Linney – The Big C
Tina Fey – 30 Rock
Edie Falco – Nurse Jackie
Toni Collette – United States of Tara

Melhor ator de série de comédia ou musical

Matthew Morrison – Glee
Jim Parsons – The Big Bang Theory
Alec Baldwin – 30 Rock
Steve Carrell – The Office
Thomas Jane- Hung

Melhor série de Drama

The Good Wife
Mad Men
The Walking Dead
Dexter
Boardwalk Empire

Melhor atriz de Série Dramática

Jullianna Marguiles – The Good Wife
Kyra Sedgewick – The Closer
Elizabeth Moss – Mad Men
Piper Perabo – Convert Affairs
Katie Segal – Sons of Anarchy

Melhor ator de Série Dramática

Jon Hamm – Mad Men
Hugh Laurie – House
Michal C. Hall – Dexter
Bryan Cranston – Breaking Bad
Steve Buscemi – Boardwalk Empire

Melhor minissérie ou telefilme

The Pacific
You don’t Know Jack
Pillars of the Earth
TempleGrandin
Carlos

Melhor atriz de minissérie ou telefilme

Claire Danes – TempleGrandin
Ramola Garai – Emma
Jennier Love Hewitt – The Client List
Judi Dench – Return to Cranford

Melhor ator de minissérie ou telefilme

Ian McShane – Pillars of the Earth
Edgar Ramirez – Carlos
Al Pacino – You don’t know Jack
Idris Elba – Luthor
Dennis Quaid – The Special Relationship

Melhor atriz coadjuvante de série, minissérie ou telefilme

Jane Lynch – Glee
Sofia Vergara – Modern Family
Julia Stiles – Dexter
Kelly MacDonald – Boardwalk Empire
Hope Davis – The Special Relationship

Melhor ator coadjuvante de série, minissérie ou telefilme

Chris Colfer – Glee
Eric Stonestreet – Modern Family
Chris Noth – The Good Wife
Scott Caan – Hawaii 5-0
David Strathern – Temple Grandin

13 de jan de 2011

Televisão: Programas traídos pelos seus próprios títulos

Tipo assim....O nome não tem nada a ver!!!

Hoje vamos conhecer, dentre os programas e novelas da televisão brasileira, sejam eles, do passado ou recente, quais os que pecaram no quesito "Nome da atração". Vale destacar que existem muitos outros programas e novelas que também foram traídos pelos seus próprios títulos, mas os que serão aqui mencionados,  mereceram nossa atenção.
Sessão de filmes exibida aos domingos pelo SBT, “8 e meia no cinema” era alvo de piadas até do apresentador Silvio Santos. Foi criada em 2006, respeitando o horário indicado no nome da atração. A partir de 2007, começou a ser exibida com mais de duas horas de atraso. Silvio Santos, em seu programa, brincava com as colegas de trabalho e perguntava: “Que horas começa 8 e meia no cinema?” e a galera respodia: “Dez e meia”. O apresentador retruca va dizendo: “Essa emissora é uma bagunça!”.


Tudo bem que na estreia, o folhetim trazia a história de jovens que frequentavam uma academia. Aí sim, o nome “Malhação”. Mas, após quatorze anos, mesmo com o sucesso de audiência e público, convenhamos, o título da novela global não condiz em nada com seu roteiro. Nem a academia tem mais...

Gugu Liberato, em meados de 1991/1992, comandava a atração “Sabadão Sertanejo” no SBT. Com exibição no horário nobre da emissora, por volta das 21h, inicialmente, o programa trazia apenas atrações musicais no estilo “country brasileiro”, apresentando músicas sertanejas “de raízes”. Após menos de um ano, o programa começou a receber artistas de todos os ritmos musicais. Com isso, o sertanejo ficou em segundo plano. O apresentador começava o programa dizendo: “Está no ar o Sabadão Sertanejo” e , em seguida, anunciava: “E hoje no programa, ET e Rodolfo, É o Tchan, Art Popopular”. Tudo a ver, não? Só depois de muito tempo, resolveram trocar "Sabadão Sertanejo" por "Sabadão".


"Náu! Para tudo! Produção!" Podem até falar que “A Luciana é Super, a Luciana é Pop”, mas convenhamos, o programa de Luciana Gimenez, na Rede TV!, não tem nada de “Superpop”. Em 1999, quando a atração estreou na emissora, sob comando de Adriane Galisteu, aí sim, trazia atrações musicais, entrevistas inteligentes, condizendo com o nome do programa. Hoje em dia, a atração virou uma espécie de programa de sensacionalismo, de barracos e pautas extremamentes “Anti-SuperPop”. Geyse Arruda lançar sua grife de roupas é SuperPop? Mulher quer descobrir quem é a amante de seu marido é SuperPop? Sônia Abrão dizendo pra quem ela “abre a porta” (não ria, esse é um quadro da atração) é SuperPop? Sei....


Comandado por Datena, na rede Bandeirantes de televisão, "Brasil Urgente" estreou em 2001, com o objetivo de continuar no estilo de sua antiga atração na Rede Record, trazendo muito sangue, violência entre outras “coisinhas” que acontecem em todo país. Porém, atualmente, a atração traz sim, muita violência, tiros e sangue, mas, mesmo sendo exibida para todo o país, concentra mais de 90% de seu tempo apenas em São Paulo. Ora bolas, não era “Brasil Urgente?” que mude para “São Paulo Urgente”, então.



Exibido desde 1991 na Rede Record, o programa de caráter religioso, “Fala que eu te escuto”, veio com a proposta de ser uma espécie de auto ajuda para pessoas que estavam passando por dramas familiares. A atração, desde o início, é comandada por bispos da Igreja Universal do Reino de Deus, que recebem ligações e ouvem as opiniões dos telespectadores a respeito de uma determinada enquete....Mas não era pra ser auto ajuda? Tipo, os bispos dando conselhos para o público e não o público dando sua opinião aos bispos? Sem comentar o nível das enquetes....:“Você gostou da vitória de Karina Bacchi no reality ‘A Fazenda’?” “Por que será que as mulheres colocam mais silicones nos seios do que no bumbum?”


Outra atração apresentada por Gugu Liberato, o “Viva Noite”, foi exibida entre os anos de 1983 e 1994. O programa era sucesso de audiência nas noites de sábados do SBT, trazendo atrações musicais e gincanas entre homens e mulheres, além de quadros como o concurso do “Rambo Brasileiro e o “Sonho Maluco”. Até aí, tudo bem. Em 1993, Gugu começa a pressionar Silvio Santos para ter um programa aos domingos. Adivinhem qual programa foi exibido, então, aos domingos, em pleno horário de almoço, exatamente ao meio-dia? Sim! “Viva a Noite”. Era muito cômico ouvir o apresentador do pintinho amarelinho gritar: "Viva, Viva, Viva a noite" no estúdio, e lá fora, o sol irradiante!



A novela “Caminhos do Coração”, exibida em 2007 pela Rede Record, não trazia nada, nem de “caminho”, nem de “coração”. Desde o início da trama, o que víamos eram formigas mutantes, lobisomens, vampiros, aranhas, lagartixas (Ops, essa eu acho que inventei) e outras coisas bizarras. O nome da novela era tão “nada a ver” que, em 2008, acharam melhor colocar a palavra “MUTANTES” junto a “Caminhos do Coração” para ver se melhorava um pouco.....Melhorou?

“Para, para, para, para” E quem nunca se irritou com o apresentador João Kléber? Nas tardes da Rede TV!, o apresentador comandava a atração “Canal Aberto”, uma mistura de programa “Márcia” (Band), com “Programa do Ratinho”(Sbt) e “Casos de Família”(Sbt). No palco, o apresentador trazia as mais diversas situações que podiam ocorrer no dia a dia: testes de DNA, brigas entre famílias, desconhecida quer provar que tem filho com famoso, e por aí vai. Com o passar do tempo, o programa “Canal Aberto” virou “Tarde Quente” e continuou abordando a mesma linha de atrações. Aos poucos, foram implantando as famosas “Pegadinhas” no programa. As “combinadinhas” fizeram tanto sucesso que tomaram conta do programa todo. Por mais de duas horas seguidas, João Kléber soltava aquelas falsas risadas irritantes e narrava as situações vividas pelos “atores” que tentavam fazer com que as pessoas “caíssem” na brincadeira (nada que R$ 50,00 resolvessem....). Tarde quente? Por que "quente"? “Morríamos” tanto de rir que sentíamos tanto calor? E outra, a atração acabava às 19h30. Era “tarde” de período vespertino ou “tarde” de “tarde da noite?” Vai entender....


A Pícara era sonhadora; a Betty era feia; A pequena,travessa; A Maria era do Bairro; A Gata selvagem...e Pedro, era escamoso por quê? Ele tinha cara de peixe por acaso? Para quem não se lembra, “Pedro, o escamoso” é uma novela colombiana e foi exibida pela Rede TV! em 2004. Tudo bem que lá na Colombia, “escamoso” é utilizado para definir uma pessoa que tenta ser algo que, de fato, não é - alguém que, por exemplo, veste roupas finas para parecer mais rico ou conta mentiras "inofensivas" no intuito de conseguir o que deseja. Isso, lá na Colômbia. Por que não deram um adjetivo melhor para o pobre coitado do Pedro, aqui no Brasil? Sei lá, “Pedro, o malandro” ou “Pedro, o picareta”. Escamoso é melhor?

10 de jan de 2011

Séries: As três melhores "novas comédias"

OUTSOURCED


A série gira em torno da empresa Mid America Novelties, que vende produtos inúteis, como carteiras feitas de bacon e dedos de espuma. A diretoria da empresa resolve transferir para a Índia seu centro de vendas e de atendimento ao consumidor. Todd Dempsy (Ben Rappaport), o novato da empresa, é incubido da tarefa de treinar os funcionários locais. Mas, para que eles possam ser treinados eles precisarão, primeiro, compreender a cultura americana.


RAISING HOPE


A história gira em torno de Jimmy, um jovem de 25 anos que se torna pai solteiro. Ele tenta criar seu filho depois que a mulher com quem ele passou a noite é condenada à prisão. Sem saber como criar um bebê, Jimmy pede ajuda à sua família. O problema é que ninguém da família sabe cuidar de um bebê. Pior, ninguém se importa com a criança. Os pais de Jimmy casaram-se quando tinham 15 anos e criaram o filho da forma mais negligente possível. A avó, proprietária da casa onde todos vivem, está ficando senil, e o primo está mais preocupado em manter seu estilo de vida, o qual poderá ser afetado com a presença de um bebê na casa. Destaque para o elenco da série. Todos muito bem escolhidos e capazes de nos levar aos risos. Excelente série. Excelente texto.


SHIT MY DAD SAYS ( A série baseada no twitter)


Premiado como melhor nova comédia no People's Choice Awards 2011, "Shit my dad says" traz Ed Goodson, um pai sincero e cheio de opiniões, que sempre faz comentários constrangedores. Ninguém está livre de suas sacadas, nem seus filhos Henry, um escritor fracassado que se tornou um blogueiro, e Vince. Henry não pode mais pagar o aluguel que divide com sua linda colega, Ed convida o filho para morar com ele. A série ganhou destaque pois é baseada na vida de Justin Halpern ( 29 anos) que, sem emprego, sem dinheiro, sem rumo, acabou tendo de voltar a morar com os pais. Sem ter muito que fazer da vida, no dia 03 de agosto de 2010,  Justin abriu uma conta no Twitter. Sem nada para escrever, ele resolveu colocar na rede as pérolas de sabedoria diárias de seu pai. Um senhor de 73 anos, veterano da Guerra do Vietnã. O endereço do twitter? @ShitMyDadSays! A página de Justin acabou virando um dos maiores sucessos do microblog e ele (ou melhor, o pai dele) uma estrela da Internet. Em pouco tempo uma editora o procurou para lançar uma compilação das twitadas e há alguns meses, a rede CBS fechou contrato para uma série de TV baseada na relação pai e filho.

TOP 10 GLEE: Melhores apresentações da primeira parte da segunda temporada

Enquanto a série Glee faz uma pausa, que tal curtir as  melhores apresentações dos dez episódios já exibidos nessa segunda temporada? Escolhemos a melhor apresentação de cada episódio apresentado. Destaque para a música "Teenage Dream" de Katy Perryo seriado, executada por integrantes do "Dalton Academy". A música, cantada por Darren Criss na série, foi baixada cerca de 214 mil vezes na primeira semana, superando a versão de "Don't Stop Believing", do Journey, que chegou a 177 mil cópias, alcançando o segundo lugar.


Episódio 2.1:Empire State of Mind (original do Jay-Z e Alicia Keys)


Episódio 2.2: Me Against The Music da Britney Spears (feat. Madonna)



Episódio 2.3: I Want To Hold Your Hand original dos The Beatles

Episódio 2.4: River Deep, Mountain High, original por Ike & Tina Turner

Episódio 2.5: Time Warp original do The Rocky Horror Show

Episódio 2.6: Teenage Dream original da Katy Perry 


Episódio 2.7: Singin’ In The Rain / Umbrella original do Gene Kelly / Rihanna (feat. Jay-Z)


Episódio 2.8: Marry You  original do Bruno Mars


Episódio 2.9: (I’ve Had) The Time Of My Life original do Bill Medley & Jennifer Warnes  e Valerie original dos The Zutons 




Episódio 2.10: Last Christmas original do Wham

 
Powered by Blogger